25 fevereiro, 2011

O bloco dos felizes





A gente adora quando a galera chega em bloco, como é o caso desta família linda, da Sandra. O primeiro foi o Xodó (o poodle branquinho na almofada) a ser adotado há 13 anos. Ele é natural da cidade de Mairiporã (SP), e tudo começou quando os antigos donos tinham comprado um coelho, mas como não gostaram do animal(parêntesis básico: como assim, alguém compra um coelho e não gosta? Eles esperavam o quê? Que o coelho falasse? Que os convidasse para um chá com a Alice?) foram trocar. "Só" havia o Xodó. Fizeram a troca e deixaram o fofo num canil com dois cães da raça pastor. A “dona”, então, perguntou à prima da Sandra se ela gostaria de ficar com o Xodó, porque iria viajar, caso contrário, soltariam o pobrezinho. Sorte da Sandra, porque, hoje, “ ela resgatou esse doce, e eu fiquei com ele”, derrete-se a mâmis. Já a Bianca (a poodle branquinha no chão) foi adotada em 2002, com quase oito meses. Encontrada numa Feira de Adoção, no Parque da Água Branca, “era apenas um número 2200", como bem define a Sandra. E a mais doentinha de todos. Foi amor à primeira vista (tema muito frequente neste blog, ainda bem!): ela apaixonou-se e levou a Bianca pra casa. Medicou a bonitona, e hoje está uma gata!
A Nina (a marrom fofa no sofá) foi jogada na chácara de sua prima (da Sandra) e adotada por funcionários do condomínio. Depois de um ano, devolveram a Bi à prima da Sandra, que, of course, ficou com mais essa lindona, em 2009.
E, aí, tem o Bonny (o poodle pretinho no sofá), o mais recente membro da família, que apareceu numa praça, onde havia um desfile de roupas para Pets. No mesmo dia estava uma ONG expondo cães para adoção. A Sandra não queria mais peludos, mas o Bonny foi decisivo para a San mudar de ideia, pois o danado a adotou na mesma hora!
E a família, claro, vive unida e muito bem, obrigada!

3 comentários:

  1. Own, cada um mais lindo q o outro!

    ResponderExcluir
  2. Eu entendo essa "mami".É simplesmente um chamado IRRESISTÍVEL!Bjs para toda a família.

    ResponderExcluir